As coisas simples são mesmo as mais belas

Estalactite

Simples e pura como as estalactites da sua terra, a música de Olafur Arnalds arrepia-nos pela sua extrema simplicidade que nos encanta numa espécie de embalo melódico do qual não se consegue, nem se quer, fugir. Quando escutei o trabalho “Found Songs” pela primeira vez, deixei-o a tocar umas horas valentes. É impossível não o fazer, tal é o conforto e harmonia que transmite a quem o escuta. O clip que o acompanha é talvez o expoente máximo dessa obra, marcado pela simplicidade extrema que até nos faz pensar estarmos perante o melhor screensaver da história dos computadores. Se não acreditais, então “listen and weep”!

2 responses to “As coisas simples são mesmo as mais belas

  1. Delicioso!

  2. mistersilva74

    Também achei!

    É a simplicidade escandinava a funcionar.

    Obrigado pelo comentário. Passe por cá mais vezes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s