Uma orquestra pequenina

Manchester Orchestra

Manchester Orchestra

Os Manchester Orchestra editaram muito recentemente o seu segundo long play, de nome Everything to Nothing. Oriundos de Atlanta e não de Manchester, como nome pode levar a pensar, o grupo liderado por Andy Hull faz renascer das cinzas um rock de estilo torturado, sofrido, mas cheio de uma pujança e raiva que não deixam ninguém indiferente. (O single mais recente “I’ve got friends” podia até servir de refrão para as diversas campanhas eleitorais que se preparam para nos intoxicar as almas nos próximos meses “I’ve got friends in all the right places…”.)

The Golden Ticket é também uma das muitas boas amostras do já referido trabalho da banda, a que acresce o facto de terem produzido um teledisco visualmente interessante para a acompanhar.

Tanto quanto sei, não planeiam passar por cá tão cedo, o que não deixa de ser algo estranho com a quantidade de festivais de Verão que por aí vão aparecendo como cogumelos! Portanto, se quiserem ver a banda nos próximos tempos terão que ir procurar uns bilhetes mais baratos e dar uma volta até às ilhas britânicas. Assim sendo, boa viagem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s