Lhasa de Sela…quando voltas?

Há quase uma meia dúzia de anos, houve um daqueles já muito raros álbuns que conseguiram algo pródigo hoje em dia, que é fazer-me ouvi-lo da primeira à última faixa umas quantas vezes de enfiada. A forma como dei de caras com esta artista foi por contágio numa das colaborações que teve com os Tindersticks.

Confesso que neste momento já tenho saudades de Lhasa de Sela depois do brilhante álbum The Living Road que já referi. O primeiro, intitulado La Llorona, como o próprio nome deixa antever, é demasiado choramingas e faz lembrar um pouco o fado da desgraçadinha, mas não deixa de ter qualidade. De seguida, apresento-vos a faixa que me enfeitiçou por completo, pode ser que tenha o mesmo efeito em vocês…palavra de honra!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s