Com Amos destes estamos bem…

Mais uma vez, um pouco por acaso, como acontece com todas as grandes descobertas, dei de ouvidos com este senhor, de seu nome Amos Lee. Não creio ter nenhum parentesco com Bruce, mas a sua música não deixa de ser um suave golpe na alma.

É certo que canta num género mais mainstream de jazz, soul, blues, que seguramente os puristas desses géneros não gostarão, mas eu gosto, até porque não sou grande fã de radicalismos de qualquer género e de extremismos musicais também não. Cada minuto pede uma música, cada dia uma banda sonora, agora vejam lá onde podem encaixar qualquer tema deste protegido da Blue Note.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s